Você está aqui: Página Inicial > Notícia > Prêmio Professores do Brasil reconhece experiências inovadoras

Todas as notícias Categorias

23/11/2005 Undime

Prêmio Professores do Brasil reconhece experiências inovadoras

Criatividade, originalidade e possibilidade de replicação das experiências são as principais características dos 20 projetos vencedores do Prêmio Professores do Brasil. Elaborados por educadoras do ensino infantil e fundamental de todo o país, os trabalhos foram premiados nesta quarta-feira, dia 23, em Brasília. As vencedoras receberam do ministro da Educação, Fernando Haddad, um cheque de R$ 5 mil e um troféu, criado pela artista plástica Maria Bonomi, além de uma viagem a Brasília.

Para o ministro, o prêmio dá visibilidade nacional a trabalhos inovadores. Durante a solenidade, foi lançada uma publicação com os projetos selecionados em 2004, a ser distribuída em 20 mil escolas. “Essas experiências demonstram que é possível melhorar o ensino com muito pouco e que se pode fazer muito para aprimorar a educação”, disse Haddad.

Na avaliação do vice-presidente da Fundação Bunge, Carlo Lovatelli, as professoras merecem reconhecimento. “Elas têm desafios em sala de aula e mesmo assim acreditam na inovação do ensino”, lembrou.

Promovido pelo MEC em parceria com o Conselho Nacional dos Secretários de Educação (Consed), União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime) e fundações Bunge e Orsa, o Professores do Brasil unifica os antigos prêmios Incentivo à Educação Fundamental e Qualidade na Educação Infantil. O concurso recebeu 1.131 inscrições este ano, das quais 147 foram pré-selecionadas para avaliação da Comissão Julgadora Nacional, que premiou os 20 melhores.

Experiências — Pelo terceiro ano consecutivo, a professora Evanir de Oliveira Pinheiro, de Natal, conquista o prêmio por desenvolver projetos inovadores no ensino fundamental. O trabalho Para que a Vida nos dê Flor e Frutos teve origem na necessidade de preservar e valorizar as riquezas naturais e culturais da região. “A partir da curiosidade das crianças com o desgaste das dunas, desenvolvemos atividades que mostravam a paisagem natural e a modificada pela ação do homem”, explicou.

Para a professora Regina Schein dos Santos, de Canoas, Rio Grande do Sul, a premiação vai ajudá-la a concluir o curso superior de letras. Com o projeto O Mundo dos Brinquedos e os Brinquedos do Mundo, ela despertou o senso crítico dos alunos por meio de pesquisas sobre brinquedos antigos, como pião, pipa e bola de gude. “Esse prêmio valoriza o nosso trabalho e nos convence de que estamos no caminho certo”, disse.


Parceria institucional